Marketing de atração. Um despertador representa bem isso!

Marketing de Atração: como ser encontrado pelo cliente certo

Marketing de Atração também pode ser definido como Marketing de Entrada (de relacionamento e/ou de penetração, Inbound Marketing, além de marketing de conteúdo). Alguns especialistas alteram o termo conforme o mercado em que atuam.

Podemos dizer que é um punhado de técnicas que constroem uma estratégia de marketing digital (para comunicação), que tem como base a criação e compartilhamento de conteúdo para atrair as pessoas. 

Após medir (mensurar) e filtrar as pessoas atraídas com as técnicas, do marketing de atração, você consegue encontrar (existem mil maneiras) o ciente ideal que irá comprar de você.

O ponto forte do marketing de atração não é sair à caça do cliente e sim construir um belo jardim que as borboletas vêm. 

Traduzindo: 

  • Mostre a solução que você entrega;
  • Demonstre a todos, quais os benefícios de fazer negócio com você; 
  • “O porquê” do seu negócio existir;
  • Que conteúdo você tem a oferecer;
  • Mostre a todos a consistência (constância, densidade) do seu produto/serviço;
  • Qual a solução o seu produto entrega…

Assim você consegue criar uma maneira de atrair a pessoa certa, que será seu mais novo cliente. Mas, é preciso engajar este público e depois encantar.

Novos Produtos, Novos Serviços

Quem explorou de maneira excelente, o Marketing de Atração para novos produtos é Steve Jobs. Que além de lançar a Apple no mercado era especialista em lançar novos produtos (além de serviços)!

Um excelente exemplo  de serviço embutido criado por Steve foi pagar e baixar  por música. Ele quebrou o padrão de você ter que comprar um CD de uma banda (que vem com músicas que a gente não queria) só para ouvir uma música que amamos.

Ele não criava nada baseado em características (somente) ele não colocava o foco nisso, tampouco a melhor engenharia (isso era mais que a obrigação, no ponto de vista de Jobs) ele colocava todos os benefícios naquele empreendimento.

Ele não desenvolveu um tocador de música ou mais uma bugiganga, ele lançou uma solução no mercado de como colocar “1000 músicas em seu bolso”. 

Solucionando um problema: ter que andar por aí com uma tonelada de CDs para ouvir apenas algumas músicas.

Marketing de atração baseado no vídeo, acima, sobre inbound Marketing

Porque o Marketing de Atração

  1. O Marketing de atração pode começar de graça, free, 0800;
  2. É uma maneira simples de saber o que o concorrente está fazendo;
  3. As pessoas fazem pesquisa o tempo todo: esteja presente no Google, Bing e YouTube;
  4. Além de ser 62% mais barato que o marketing convencional;
  5. 09 em cada 10 consumidores preferem fazer negócios com empresas que fornecem conteúdo.

Aqui neste link (https://www.smartinsights.com) você pode conferir uma pancada de intuições e de “porquês” devemos aplicar as técnicas do marketing digital além do Marketing de atração que é a intenção deste post.

Onde as pessoas costumam errar

Os pontos-chave, mais comuns, que costumamos errar ao aplicar a estratégia do Marketing de atração: 

  1. Começar a fazer sem planejar;
  2. Não colocar objetivos e metas;
  3.  Acreditar que somente o marketing de atração é a solução para todos os problemas;
  4. Fazer tudo ao mesmo tempo, agora;
  5. Colocar foco nas ferramentas (a tecnologia) antes da estratégia;
  6. Publicar apenas conteúdo chato;
  7. Não ter a “Tia Constância” (sem regularidade)
  8. Conteúdo sem consistência (estado do que é coerente, verdadeiro e real);
  9. Esquecer que precisa vender;
  10. Esperar resultados imediatos;
  11. Não analisar e qualificar dos curiosos (separar o joio do trigo);
  12. Não medir, mensurar os resultados;
  13. Não ter ideia sobre a jornada do cliente.

Tem marqueteiro e tem profissional de marketing

Todo mercado tem falcatrua. E o marketing digital não está isento disso. Ao ver vídeos, procurar assuntos sobre conquistar novos clientes, veja os termos utilizados pelos marqueteiro. E depois compare em como os profissionais de marketing esclarecem sobre os pontos certos.

Não existe facilidade e criação de um negócio consistente com base na promessa de se conseguir dinheiro fácil.

O marketing digital dá trabalho, de médio a longo prazo. Estou no ramo desde o ano 2000 e desconheço uma empresa de respeito, sólida no mercado, que não tenha mais de 5 anos de atividade.

O que precisa ser feito, vá e faça, não permita que seu negócio ou produto seja vendido as pressas sem honestidade, ética e embasado no materialismo.

Tenha sempre cosmoética ao negociar com  outras pessoas. Estamos juntos nessa. Estamos no mesmo barco e o surto pandêmico provou isso para todos os integrantes do pequeno planeta chamado terra.

E não é vendendo rápido, vendendo da forma como todos estão fazendo (este é o papo de quem quer passar a perna nos outros).

Olhe para o lado, se coloque no lugar do outro. Um negócio duradouro é aquele que é bom para você, bom para o consumidor e ótimo para a sociedade. Assim focamos no padrão cosmoético e negociação humanizada.

Veja este vídeo do Professor Waldo Vieira que fala sobre cosmoética:

Waldo Vieira – Cosmoética: Autocosmoética, Autocoerência E Autoincorruptibilidade 

Utilizar uma ética cósmica no marketing de atração é preciso.

Pontos cardeais do Marketing de Atração

Na grande transformação que ocorreu nos últimos anos devido ao surto. Que, diga-se de passagem, aconteceu em todo planeta terra, todos tivemos que nos adaptar.

Esta transformação nos leva a inovação. Logo, criamos um Marketing de Atração que serve para testar, tanto quanto validar novos produtos.

Nesta mesma pegada, se você precisa fazer com que sua empresa venda, gere bons lucros e conquiste uma posição privilegiada no mercado, no mundo dos negócios, acredito fielmente que o marketing de atração é para você.

Basta compreender a fundo estes quatro pontos cardeais:

  1. Atrair – Chama atenção

Construa um belo jardim que as borboletas vêm. Mostre que você consegue solucionar um problema específico coma aquele produto (serviço) que só a gente sabe.

  1. Engajar – Traga para perto

Ser colaborativo faz toda a diferença. Seu cliente está navegando, comprando do concorrente, ele precisa saber que você tem uma solução melhor.

  1. Vender – Seja próspero

Tente vender sem vender, mantenha o relacionamento amigável e seja direto da próxima vez, e de novo.

O pós-venda é surreal: é 70% mais fácil, e mais barato, vender para o seu cliente novamente do que conquistar um cliente novo.

  1. Envolver – Encante com amor

Esteja presente e ouça, de verdade, o que as pessoas têm a dizer. Não se trata de uma” batata quente” e sim de um ser humano que precisa da sua ajuda.

Duas vertentes do Marketing de atração

  1. Orgânica
    1. Otimização para sites de busca (SEO);
    2. Redes sociais – Posts com ativos de marketing;
  2. Paga
    1. Google Ads: o principal onde todo mundo está; 
    2. Ads nas redes sociais (as principais);
      1. Meta – Facebook Ads e Instagram;
      2. Twitter (no Brasil política é o lugar);
      3. Pinterest (é preciso estudar o nicho);
      4. Linkedin (focado em jobs e B2B).

Exemplos de Marketing de atração

São técnicas usuais para atrair e manter clientes junto do seu negócio:

SEO – Otimização para mecanismos de buscas

SEO do inglês “Search Engine Optimization”. Em termos simples, significa o processo de melhorar seu site para aumentar a visibilidade (do conteúdo do site) quando as pessoas pesquisam fazem uma pesquisa no mecanismo de buscas, como, por exemplo: Google (google.com.br/), Bing (bing.com/) e outros mecanismos de pesquisa. 

Quanto melhor a visibilidade de suas páginas nos resultados de pesquisa, maior a probabilidade de você chamar a atenção e atrair clientes em potencial (prospectos) e existentes para sua empresa.

Ofereça uma amostra grátis

O mecanismo da reciprocidade funciona muita bem.

Entregue conteúdos de qualidade, e de às pessoas a possibilidade de levarem com ela um PDF, uma planilha, um documento, para lerem depois.

Se há uma maneira de oferecer uma degustação digital, coloque em ação.

Demonstre autoridade

Mostre como o seu produto pode melhorar  vida da pessoa que você acabou de atrair. E em qual ponto vai solucionar um problema do seu prospecto, do seu público alvo.

Marketing nas Redes sociais

Aqui acontece a atração e engajamento. Um bom bate-papo pode levar à venda imediatamente. Vai depender demais do seu modo de venda e da qualidade do seu produto.

A consistência do seu produto/serviço vai falar mais alto. No momento do bate-papo é que pode ocorrer à venda, sem ficar empurrando o produto.

Não é para ser vendedor chato de porta de loja hein… Assim como você, as pessoas detestam ser pressionadas. 

Persistir é melhor que insistir.

Memes

Usado por muitas empresas como sua principal estratégia de mídia social. Pois, os Memes tem a possibilidade de viralizar (espalhar-se) e aumentar, consideravelmente, o alcance de uma marca.

Lembre-se: a alegria contagia, e o  bom humor une as pessoas. Além, de poder ajudar a construir uma comunicação de sucesso com o seu público alvo.

Videomarketing

Uma técnica criada para aumentar o envolvimento do público através de atividades sociais em torno de um determinado vídeo.

Vídeo é o cara do memento. Sempre crie vídeos e no áudio repita a palavra-chave ao menos umas três vezes.

A pesquisa por áudio está cada vez maior, e nelas estão incluídas os vídeos.

Imagem representativa do Marketing de atração
Imagem representativa do Marketing de atração

Webgrafia

Rolar para cima