Design Gráfico e Webdesign, comunicação visual e soluções digitais

Não é para super estimar. Mas entrar numa empresa, num dos maiores jornais de Minas Gerais ao completar 18 anos e ir direto pra prancheta, é complicado.

Vale ressaltar que na década de 80 que: prancheta, nanquim, régua, aranha, ‘prestup’ e afins… era somente para profissionais. Eram equipamentos caros e quase todos importados.

Um ano depois chegaram os PCs, microcomputadores com Windows. Monitores preto com fósforo (coloração) verde ou laranja.

Havia apenas um PC , dentre 35 microcomputadores, com tela colorida. Uma saleta com ar condicionado especialmente para o caríssimo 386…

Uma época em que o dólar era a base de cotação para novos equipamentos e os profissionais do mercado de arte gráfica (hoje “Design”). Os mais famosos eram os diretores de arte.

Uaw

Quando foi avistado o primeiro Mac na década de 90. — “Caraca” que PC rápido é esse!

— Ops!!! não xingue o Mac.

Os macmaníacos sempre foram os defensores de Jobs e sua Macintosh (hoje Apple). Eram, e ainda é, como defender um time de futebol.

Dá pra ficar embasbacado. Como um cara conseguiu inserir num mercado acirradíssimo tamanha paixão, dedicação e fidelidade dos usuários Apple.

Agencias

O aprendizado com os feras do mercado mineiro foi super estressante. As pessoas te verem como intruso, como um menino apertador de botão é tenso.

Mas aprender com os melhores é preciso ser extraordinariamente: humilde.

Os caras do mercado publicitário são estrelas, há exceções (pode limitar isso á quase zero). Mas o aprendizado é para toda uma vida,se você não ficar encantado com os personagens defendidos por cada estrela. Se cuida, nites em dormir, clientes estressados, patrões pressionados e você ali… pressionando botões e cliques do mouse.

Piadas à parte, foi super profissional caminhar por mais de 10 agências, e atender os feras de Beagá. O crescimento profissional e humildade foram extremos.

1001 noites

Século XXI chegou com a bolha, mercado novo, modens 56K na alta e custos em dólar. Windows estava dominado o mercado, CorelDraw com sua ergonomia acabou dominado o mercado apesar de travar a cada 5 minutos.

Agencias cresceram como formigas no formigueiro. Faltou agencia pra tanto profissional. a história se repetindo. O boom do mercado deixou os profissionais de fora e os donos de agencia fizeram a agencia de um homem só. Sozinho mesmo. Internet rápida, ligações a mil, emails, marketing automatizado…

Caraca como as coisa e tecnologias inovaram pacas…

Criar um site ou instalar um site virou coisa de clique. Claro que logo após o boom programadores ganharam muito dinheiro para criação de novas habilidades.

Hoje em dia são os aplicativos que são as vedetes do mercado.

Mas não esquece da aula de história, ainda virá o “choque” dos aplicativos no mercado. Serginho é uma raridade auxiliando, no mercado só há competição.

O mercado só reconhece os vencedores, os que fazem “sucesso”.

Faça sucesso, crie um site, ganhe dinheiro com seu próprio blog. Pode começar com um logotipo mínimo com design máximo, clique aqui para ver o portfólio.

Clique aqui ou me chame no WhatsApp, comece com um bate papo. E depois a identidade visual completa do seu empreendimento, do seu negócio ou da sua startup!